Botequim ordinário, onde se vendia o café a dez reis cada xícara.

01
Nov 11

Mais uma feira dos santos, Disseminada da zona viva à zona morta, Que melhor sinal de crise poderia ter sido dado por tantos feirantes, Desde almanaques borda dágua passando pelas castanhas e tomates tudo se vendia até automóveis, Só que agora o pessoal já deita contas à vida e poupa, Mas pelo menos uma vez por ano vê-se muita gente por aqui.

 

Mário Aleixo 

publicado por Café de Lepes às 18:37

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

GERÊNCIA
Carlos Canas * David Pires * Julião Mora * Marco Almeida* Mário Aleixo * Tiago Paisana * Tomás Salavisa
blogs SAPO