Botequim ordinário, onde se vendia o café a dez reis cada xícara.

09
Out 11

LISBOA

 

Cidade branca

semeada

de pedras

 

Cidade azul

semeada

de céu

 

Cidade negra

como um beco

 

Cidade desabitada

como um armazém

 

Cidade lilás

semeada

de jacarandás

Cidade dourada

 

semeada

de igrejas

 

Cidade prateada

semeada

de Tejo

 

Cidade que se degrada

cidade que acaba

 

Selecção de Poemas - Tomás Salavisa

publicado por Café de Lepes às 00:46

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

18
22

24
26

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

GERÊNCIA
Carlos Canas * David Pires * Julião Mora * Marco Almeida* Mário Aleixo * Tiago Paisana * Tomás Salavisa
blogs SAPO