Botequim ordinário, onde se vendia o café a dez reis cada xícara.

23
Mai 12

O ministro dos Assuntos Parlamentares terá feito ameaças à editora da secção de política e à direcção do jornal Público para travar uma notícia sobre o caso das secretas, que acabou por não ser publicada. A revelação é do conselho de redacção do diário, que critica a direcção por não ter repudiado publicamente as ameaças de Relvas. O ministro terá dito que, se o jornal publicasse a notícia, enviaria uma queixa à Entidade Reguladora para a Comunicação Social, promoveria um black out de todos os ministros em relação ao Público e divulgaria, na internet, dados da vida privada da jornalista. A jornalista em questão é Maria José Oliveira, já hoje ouvida na ERCS. Miguel Relvas que havia comunicado à ERCS estar disponível para responder apenas por escrito, decidiu, hoje, disponibilizar-se para depor naquela Entidade. Adivinho que tudo isto vai dar em nada, se fosse um Zé Povinho malhava, de certeza com os ossos na cadeia.

 

Carlos Canas 

publicado por Café de Lepes às 23:06

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
17

21

27
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

GERÊNCIA
Carlos Canas * David Pires * Julião Mora * Marco Almeida* Mário Aleixo * Tiago Paisana * Tomás Salavisa
blogs SAPO