Botequim ordinário, onde se vendia o café a dez reis cada xícara.

01
Fev 16

Após quase seis anos de funcionamento, a gerência do CAFÉ DE LEPES decidiu proceder ao seu encerramento, goradas que foram diversas diligências no sentido de encontrar interessados em continuar este projecto. Mação, como é do conhecimento de todos, tem vindo a perder população de um modo dramático. Ontem já não éramos muitos, hoje somos muito menos. Aliás muitos dos gerentes do CAFÉ DE LEPES, há já alguns anos que abandonaram o País. Vivem e trabalham no Reino Unido, na Espanha, na Alemanha e na França, Não é agradável manter o CAFÉ DE LEPES em funcionamento, e verificar-se que a sua antiga clientela prefere, à agradável cavaqueira com os amigos na mesa do café, gastar as pontas dos dedos a teclar no Face ou no Twitter. Hoje, e definitivamente, vamos fechar pela última vez as nossas portas, o que não é caso raro em Mação. Ultimamente, têm cessado a actividade dezenas de empresas deste apelidado Verde Horizonte, que mais não é, afinal, do que um Negro Horizonte. Até sempre.

publicado por Café de Lepes às 00:01
|  O que é? | favorito

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

GERÊNCIA
Carlos Canas * David Pires * Julião Mora * Marco Almeida* Mário Aleixo * Tiago Paisana * Tomás Salavisa
blogs SAPO